Núcleo Takinahaky

On 12/05/21 12:15 更新于 12/05/21 12:15

O Núcleo Takinahaky de Formação Superior Indígena (UFG), ligado à Faculdade de Letras, oferece o curso de licenciatura em Educação Intercultural (criado em 2006) voltado à formação de docentes indígenas. Atualmente, o curso conta com cerca de 286 alunos indígenas, em sua maior parte professores, e atende aos povos do Território Etnoeducacional da Região Araguaia-Tocantins e do Parque Indígena do Xingu, provenientes dos estados de Goiás, Mato Grosso, Tocantins, Pará, Maranhão e Minas Gerais. Os alunos pertencem a 27 distintas etnias: Apinajé, Bororo, Gavião, Guajajara, Ikpeng, Javaé, Juruna, Kalapalo, Kamaiurá, Kanela, Kanela-Araguaia, Karajá, Karajá-Xambioá, Kayabi, Krahô, Krikati, Kuikuro, Mehinako, Metuktire, Tapirapé, Tapuio, Timbira, Xakriabá, Xavante, Xerente, Waura, Yawalapiti.

Mais informações sobre o Núcleo Takinahaky e sobre o Curso de Licenciatura em Educação Intercultural Indígena: https://intercultural.letras.ufg.br/

São professoras do Curso de licenciatura em Educação Intercultural a Profa. Dra. Luciana Dias de Oliveira (Fac. Letras/PPGIDH) e a Profa. Dra. Rosani Moreira Leitão (Museu Antropológico/PPGIDH). Na condição de professoras do curso viabilizam espaço para interlocução com os discentes e docentes do PPGIDH, seja por meio de encontros, debates, participações em eventos ou pela realização de trabalho de campo nos territórios e comunidades indígenas, seja na orientação e realização de estágio docência.